Sobre

Cenário

Apesar de eu estudar “cripto” desde 2012, apenas agora começo a visualizar o que vem pela frente. O mundo cripto só apareceu na grande mídia quando, em 2017, o preço de Bitcoin disparou. Com quase 10 anos de vida, Bitcoin amadureceu e já podemos afirmar que a tecnologia Blockchain funciona de fato. Essa mesma tecnologia está começando a ser aplicada a diferentes tipos de bens e transações, muito além das cripto-moedas. O comportamento do ser humano na sociedade será completamente transformado em poucos anos.

Os termos bitcoin, blockchain e cripto-moeda sofreram desgaste ao longo dos anos, por culpa de quem dissemina verdadeiros absurdos. A grande maioria de quem escreve, opina, diz entender ou pretende ensinar qualquer coisa sobre “cripto”, só diz besteiras. São idiotas, porque se colocam como autoridades e não têm a menor ideia do que estão falando. Em muitos casos, são mal intencionados e querem se enriquecer às custas dos ignorantes. Muita gente está perdendo dinheiro, deixando de aproveitar oportunidades reais.

Não acho que o caminho seja entender profundamente como essas tecnologias funcionam. Devemos, sim, compreender o movimento de descentralização na sociedade. Cripto já existe, funciona e não tem volta. Ignorar a realidade só atrasa o desenvolvimento e favorece aproveitadores.


Motivação

Para auxiliar na educação, desenvolvi palestras e treinamentos. Na sequência, publiquei o livro “Os Idiotas do Bitcoin” [download gratuito]. O próximo passo começa agora e se chama criptoBomba. Estou produzindo vídeos objetivos e polêmicos, sobre os principais temas do universo cripto. Este conteúdo é gratuito e tem o objetivo de promover debates, para derrubar os idiotas e suas mentiras.

Nós, especialistas, não podemos nos esquecer que ainda é cedo para enxergarmos todos os desdobramentos. Cripto está em pleno processo de amadurecimento e, frequentemente, perdemos a visão do todo. Sou cauteloso para não afirmar o que não tenho certeza. Se por um lado, algumas perguntas ainda não podem ser respondidas, por outro, muitas outras já podem. O criptoBomba assumirá a postura consciente de que é muito perigoso fazer previsões, mas ao mesmo tempo, será firme para confrontar as mentiras que muitos ainda não podem – ou não querem – enxergar.

Alguns conteúdos que eu publicar aqui já foram muito bem explicados por outros especialistas, portanto serão adaptações ou traduções para o formato do criptoBomba. Uma das maiores referências do universo cripto, com quem eu tive o prazer de conversar recentemente, é [Andreas Antonopoulos], que possui excelentes vídeos e livros publicados.


Como Participar

Faz tempo que eu evito as grandes redes (anti)sociais. No fundo, nós sabemos muito bem o que elas podem fazer com nossas informações, mas tendemos a ignorar até o momento em que nos tornamos vítimas. O criptoBomba não terá Facebook, Twitter ou Instagram. Eu particparei das discussões através do site, onde ninguém precisa criar conta e nem se identificar. Você pode inclusive baixar o livro “Os Idiotas do Bitcoin” sem ao menos cadastrar um e-mail.

Você poderá promover discussões onde bem entender e o criptoBomba é apenas uma opção, com o nível de privacidade que você escolher. Os comentários podem ser anônimos, mas se preferir utilizar seu gravatar e acompanhar as discussões por e-mail, registre-se [aqui] com qualquer nome / e-mail e faça [login] antes de comentar. Outra opção para acompanhar o site é utilizar o bom e velho [rss feed] para posts e [rss feed] para comentários.

Os vídeos do site também podem ser visualizados no canal do [YouTube criptoBomba], mas não pretendo comentar ou responder perguntas no YouTube ou em qualquer outro lugar. Participarei dos debates, mas não posso me comprometer a responder todas as mensagens que eu receber. Este é um serviço gratuito, de utilidade pública. Os vídeos, por si só, já devem responder muitas das dúvidas. Sempre que possível, nos aprofundaremos nos temas mais comentados, inclusive com vídeos adicionais para responder perguntas específicas.


Moderação

Minha contribuição no [blog] do criptoBomba acontecerá de duas formas:
– Produção de vídeos
– Moderação dos comentários

Sem os vídeos, seria difícil explicar um assunto e trazê-lo para discussão.
Sem moderação, seria difícil manter a ordem, para um debate produtivo.

Todos os pontos de vista, comentários construtivos e dúvidas, por mais simples que sejam, são bem-vindos. Procure ser breve e objetivo nos seus comentários, para facilitar o acompanhamento de todos. Faça seus comentários no post apropriado e veja se uma dúvida ou questão semelhante já não foi respondida antes.

Moderação não é censura. Qualquer um tem o direito de expressar o que quiser, mas isso não significa que eu tenha que hospedar comentários de idiotas. No criptoBomba, eu tenho a responsabilidade de tentar criar um ambiente saudável. Se um dos nossos objetivos é confrontar idiotas, certamente eles não terão voz aqui.


Considere-se convocado!